google-site-verification=DlPUxduZVoPOEB5b_QbJcG4cgTHg9-H-y1cDUQwxZuA google-site-verification=DlPUxduZVoPOEB5b_QbJcG4cgTHg9-H-y1cDUQwxZuA
 

Aprendendo a dirigir: preciso de aulas se já sei o que fazer?

Quem está aprendendo a dirigir deve saber que conduzir um veículo é uma grande responsabilidade. O único local credenciado em que pessoas não habilitadas a dirigir podem aprender as técnicas, regras e procedimentos de trânsito é a autoescola.

Aprendendo a dirigir
Aprendendo a dirigir

Ok, é verdade que nada impede de aprender por conta própria. Muitos dos nossos alunos fazem a matrícula no Curso de Formação de Condutores (CFC), já sabendo, pelo menos, colocar um carro ou moto em movimento. Não deixa de ser positivo, mas…é preciso considerar outros fatores.

Vamos saber quais são?


Por que autoescola se não estou mais aprendendo a dirigir?


O site da campanha Maio Amarelo revela estatísticas preocupantes sobre o trânsito brasileiro. Uma delas diz que o gasto com tratamento de feridos e mortes causadas pelo trânsito, no Brasil, foi de 19 bilhões de reais. A título de comparação, é um valor superior à arrecadação de todo o estado do Mato Grosso, que fatura com impostos cerca de R$ 16 bilhões.

E o que isso tem a ver com o seu aprendizado?

Um dos principais desafios que as autoridades de trânsito brasileiras enfrentam é promover medidas de educação no trânsito. Há todo um esforço no sentido de conscientizar os motoristas, por meio de campanhas (como o Maio Amarelo), operações como a Lei Seca e, em casos mais urgentes, o endurecimento da lei.

A mesma pesquisa divulgada no site Maio Amarelo revela que 2018 é o ano marcado pela publicação de leis mais duras de trânsito, no caso, aquelas relativas ao abuso de álcool.

Portanto, o governo já percebeu que a solução do problema não pode dispensar a educação como agente de mudança.

Nesse sentido, quem aprende a dirigir em autoescola não só adquire o conhecimento e técnica necessária para conduzir, como garante um trânsito mais seguro.

E quem já chega à auto escola dirigindo tem a oportunidade de corrigir as falhas naturais do aprendizado “extraoficial”.


Aulas teóricas são mesmo necessárias?


No momento da matrícula, é comum que pessoas que já dirigem questionem sobre a necessidade de frequentar aulas teóricas. Afinal, se já se sabe o que fazer ao entrar no carro ou montar na moto, para que serviriam aulas em sala?

Aqui, é importante separarmos duas coisas: uma, que é aprender as técnicas para colocar um carro em movimento. De fato, todos podem aprender a guiar um veículo, não importa onde esteja, os procedimentos são os mesmos. Aprendendo a dirigir, tudo estaria resolvido.

Outra coisa é transitar com um carro ou moto em vias públicas, nas quais circulam e dividem o mesmo espaço pedestres e outros veículos iguais, menores ou maiores,.

Assim sendo, as aulas teóricas são imprescindíveis,porque é com elas que você aprenderá as noções básicas para entender a dinâmica do trânsito.


Dá para encurtar o curso de formação?


Por lei, o CFC é composto de 45 horas/aula de curso teórico, 5 aulas no simulador com uma hora cada, mais 20 aulas de direção, das quais 20% devem ser feitas à noite.

Essa carga horária é determinada pelos órgãos de trânsito, e foi elaborada de forma a garantir que você tenha a formação mínima para conduzir um veículo com total segurança.

Dessa forma, independentemente de você ainda estar aprendendo a dirigir ou já saiba o que fazer para movimentar um veículo, é indispensável frequentar o curso completo. Acredite, você só tem a ganhar com uma formação comprometida com a segurança!

Está precisando tirar sua primeira habilitação de carro, moto ou os dois juntos? Agende online sua matrícula, somos a auto escola em Realengo líder de aproveitamento nos exames teórico e prático do Detran!