google-site-verification=DlPUxduZVoPOEB5b_QbJcG4cgTHg9-H-y1cDUQwxZuA google-site-verification=DlPUxduZVoPOEB5b_QbJcG4cgTHg9-H-y1cDUQwxZuA
 

Você conhece as diferenças entre as leis de trânsito no Brasil e na Inglaterra?

As leis de trânsito no Brasil, tal como as conhecemos hoje, entraram em vigor em 1997, com a sanção ao novo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Foi uma das mudanças mais significativas nas leis que regulamentavam a circulação de veículos e pedestres já feitas ainda em vigor, 21 anos depois.

De qualquer forma, ainda temos muito o que melhorar no quesito respeito às leis. O trânsito brasileiro mata mais do que conflitos armados em algumas partes do mundo, e boa parte das mortes acontecem por causa do desrespeito ao que está escrito.

Talvez um bom exemplo para melhorar esteja em um dos países mais seguros da Europa, a Inglaterra. Você sabe como funcionam as coisas na Terra da Rainha? A gente mostra!


Leis de trânsito no Brasil x Leis de trânsito na Inglaterra

Leis de trânsito no Brasil e Inglaterra
Leis de trânsito no Brasil e Inglaterra

Não é apenas o sentido das vias ser pela esquerda que diferencia o tráfego de veículos na Inglaterra e no Brasil. O Código de Estrada, como é conhecida a lei de trânsito por lá, é muito mais rigorosa com quem o desrespeita, tratando como crime qualquer violação aos seus artigos.

Mas nem tudo é diferença. Assim como no Brasil, o código inglês é redigido com uma proposta educativa. Ou seja, o intuito é, primeiramente, educar os motoristas e pedestres, os “atores” principais do trânsito.


Travessia de pedestres


Não é apenas na lei escrita que o trânsito inglês se diferencia do brasileiro. A travessia de pedestres, por exemplo, pode ser feita de 4 formas distintas na Inglaterra, cada uma regida por tipos de iluminação e sinais diferentes.

Embora seja um país bastante desenvolvido e urbanizado, ainda existem muitos locais em que o tráfego mais pesado entra em áreas pastoris. Assim, na Inglaterra é possível ver sinalização para disciplinar a travessia de ovelhas, inclusive com instruções para obedecer os comandos do pastor!


Curiosidades no trânsito inglês


O uso do capacete é a única forma que o motociclista tem para evitar lesões graves na cabeça em caso de queda. Mas, na inglaterra, em função da presença maciça de imigrantes muçulmanos e hindus, é feita exceção ao uso do capacete para pessoas da etnia Sikh, em virtude de questões religiosas.

Outra curiosidade sobre o trânsito inglês é que os limites de velocidade são bem menores, comparados com os do Brasil. Em uma autoestrada, os veículos podem trafegar a, no máximo, 70 km/h, que correspondem a cerca de 43 milhas, a unidade de medida usada por lá.

Outra curiosidade, essa já bem mais conhecida, é que, por ter a mão de direção à esquerda, na Inglaterra os veículos têm o volante posicionado do lado direito. Outra consequência dessa inversão de mão é que, no Reino Unido, a faixa de velocidade é a do lado direito, e não o esquerdo, como acontece em território brasileiro.


Habilitação para dirigir na Inglaterra


Para dirigir na Terra da Rainha, você poderá utilizar sua CNH brasileira pelo período de até um ano a partir da data de chegada ao país. Portanto, fique atento às leis de trânsito no Brasil, e se for um dia à Inglaterra, observe atentamente as diferenças para não cometer nenhuma infração.

E se você ainda não tirou sua habilitação, venha ser Padrão, a autoescola em Realengo que está mudando o jeito de ensinar a dirigir!